bt-acs-topo bt-acs-rodape bt-acs-busca bt-acs-conteudo bt-acs-maior bt-acs-normal bt-acs-menor bt-acs-acessibilidade bt-acs-contraste bt-acs-mapa

slogan1

Rastreabilidade de Produtos Vegetais Frescos

Publicado em: 13/02/2019 10:14

Rastreabilidade de Produtos Vegetais Frescos

Uma reunião sobre rastreabilidade para produtos vegetais foi realizada no dia 23 de janeiro de 2019 na Prefeitura Municipal de Barra Funda.

O tema da Rastreabilidade de Produtos Vegetais Frescos, vem sendo amplamente discutido pela Emater/RS-Ascar com agricultores que cultivam frutas e hortaliças, desde agosto de 2018, mês em que entrou em vigor a Instrução Normativa número 2 de 07 de fevereiro de 2018.

Essa instrução determina que certos produtos vegetais frescos contenham informações padronizadas que identifiquem o produtor ou o responsável em envoltórios, caixas, sacarias e outras embalagens.

A equipe da Emater após obter as informações junto a uma reunião regional, passaram a orientar os produtores para a necessidade de que adotem algum tipo de identificação nos cultivos e que este informe ao produtor endereço, variedade de cultivar, quantidade, lote e data de colheita e entre outros.

O objetivo é de auxiliar o monitoramento e o controle de resíduos de agrotóxicos na cadeia produtiva de vegetais frescos, destinados à alimentação humana. Além de conseguir rastrear os alimentos frescos que chegam aos consumidores.

Inicialmente a rastreabilidade está sendo aplicada nos citros, maçã, uva, alface, repolho, batata, tomate e pepino. A partir de fevereiro deste ano outros produtos, como cenoura, agrião, brócolis, pimentão e abóbora, serão inclusos no processo. “A nossa intenção é mobilizar as famílias produtoras para que tenham pleno entendimento da legislação e possam efetuar os ajustes frente a esta normativa. Mercados que tiverem produtos não rastreáveis poderão ser multados.

A normativo vale para agricultores que fazem a comercialização a Supermercados das mais diversas modalidades, Ceasa, Feiras de Produtor, Fornecedores para PNAE, PAA, entre outros.

Estiveram presentes na reunião a equipe local da Emater, o prefeito municipal, representante do departamento técnico da Cotrisal, Presidente do Conselho Agropecuário, e produtores rurais que exploram a atividade.